domingo, 13 de abril de 2008

Simplicidade


A simplicidade
é o maior tesouro que existe no mundo.
Simples é o caroço dentro da fruta.
Simples é o seu olhar de poço sem fundo.
Ser simples é uma alegria,
é nunca estar de alma fria.
A simplicidade tudo resolve.
Até a tristeza dissolve,
diante de um sorriso simples.
O próprio Universo,
qeu parece ser complexo,
tem lá o seu próprio nexo,
que se repete simplesmente,
imutável, inexoarável, diariamente.
As coisas da Natureza,
e sua imensa beleza,
são eternamente simples.
Estar no colo de quem se ama,
é de uma simplicidade natural
(não existe nada igual).
Amar, nutrir, conservar,
são simples na sua essência.
Existe coisa mais simples,
do que se ter paciência
com quem nos aborrece?
Coisa fácil.(Mas tão difícil...)
Simplicidade é como o ar,
cabe em qualquer lugar.
Ser simples é ser singelo,
é abandonar o flagelo do egoísmo.
Simplicidade e singelesa,
não diferem em beleza:
São quase que como irmãs.
O que é simples, sem requinte,
sem volteios, sem bobagens,
todo mundo compreende,
aplaude e reconhece.
Bem simples é a roupa no varal,
ou o cão de estimação,
dormindo no quintal.
Simples é o pão nosso de cada dia,
e, principalmente, se viver em harmonia
com o que sempre se quiz:
ser, simplesmente, feliz.

1 comentários:

Marcela disse...

§

E já dizia Mário Quintana que a simplicidade é o fruto da sabedoria...

§