quarta-feira, 2 de julho de 2008

O prêmio principal

O que é que voce faria
se acertasse o premio principal?
O que voce mudaria,
para o bem e para o mal?
Para onde voce iria,
onde é que ficaria
seu paraiso particular?
Em que ilha, em que lugar?
Que planos voce teria,
quem levaria consigo?
Um cão, um gato, um amigo?
Ou seria voce e seu corpo,
até que restasse morto?
E ao fim de uns dez anos
teria valido a pena?
Ou a nova forma de vida
seria, ainda, pouca, pequena?
O tempo é misterioso,
tem a própria dimensão...
Trabalha a nosso favor?
Às vezes, sim;`as vezes, não...
Ter um sonho, mais além,
nos encoraja e ilude
a alma cresce, aparece
uma sensação de plenitude.
É um perde-ganha sem fim.
Pode ser bom e ruim.
Diante do que se alcança
a satisfação interna
nos devolve a sensação
de ser, de novo, criança?
O que nos terá ensinado
poder comprar a beleza,
viajar o mundo afora,
ou ajudar quem se ama?
Poderíamos esquecer
tudo o que nos fez sofrer?
Ao morrer, apaziguados,
poderíamos dizer:
-Tive tudo o que quiz
e fui muito, muito feliz?
Eu queria que o prêmio principal
me trouxesse mais sabedoria
(eu sei que é impossivel),
mas é o que gostaria.
Um coração mais puro,
e muito, muito mais leve,
bombeando meus passos
nesta vida breve, breve.